segunda-feira, abril 28

O Feriado do 25 de Abril

Este fim-de-semana estive em vários sítios, passei por Lisboa, Évora e Vila Viçosa, o dia livre extra contribuiu para que tivesse tempo para andar a fazer visitas. Eu e muita gente, que a estrada estava cheia de malta que aproveitou para dar um pulo à praia. Na Caparica ou no Algarve tanto faz, o feriado é para se aproveitar. Em tempos já me queixei aqui de que as pessoas andam-se a esquecer do significado do dia. Mas este ano fiquei realmente surpreendido com a maneira como foi celebrado em Vila Viçosa. Ou antes como não foi, não existiu absolutamente nenhuma exaltação à revolução dos cravos, o que até é estranho num conselho com governo comunista. Os senhores autarcas saberão o que fazem. Tal como os responsáveis dos monumentos mais conhecidos que os mantiveram encerrados durante umas mini-férias em que concerteza havia gente de visita. Parece que tudo cai no esquecimento.

Esta imagem veio do Alternativas.

1 comentário:

Copo de 3 disse...

O 25 de Abril está para as pessoas de hoje como a arma da foto está para o exército, o cravo continuará a ser relembrado (bem ou mal).